Filme de Alek Lean é selecionado para o 12º Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul

O filme “Por Trás das Tintas” (2019), de Alek Lean, foi selecionado para o 12º Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África, Caribe e outras Diásporas, que acontecerá entre 23 de outubro e 03 de novembro, no Rio de Janeiro. O curta traz a visão que tem uma mulher africana de um quadro de 1892, no qual ela é retratada por um pintor espanhol. A ideia surgiu de imagens do quadro Engenho de Mandioca (abaixo), de Modesto Brocos, a partir do qual foi desenvolvido o argumento, em aula realizada no Museu Nacional de Belas Artes, durante o nosso curso de direção para cinema, com Luiz Carlos Lacerda (Bigode).

“Agradeço imensamente à Dani Almeida, que cedeu a voz com emoção à personagem. Dedico esse filme ao meu querido mestre Luiz Carlos Lacerda, pois foi através de suas aulas no curso de Direção que o curta foi pincelado.”, diz o cineasta meritiense, que emplacou 6 filmes em festivais no Brasil e no exterior, neste primeiro semestre de 2019. Seus curtas abordam, temas de relevância social, como negritude, ancestralidade, minorias, questões de gênero, entre outros.

 

Outros filmes de Alek Lean:

 

CRUCIFICAÇÃO” se passa em uma era futura onde negros, mulheres e gays são oprimidos ao extremo por novas leis. Indicado na categoria masculina a melhor curta metragem internacional no 10º Festival de Santo Domingo Femujer 2019 na Rep. Dominicana, além de ter participado da mostra competitiva na Session Filmmaker Lift Off Global NetWork na Inglaterra.

 

EU NÃO NASCI PRA SER DISCRETA” é um documentário onde quatro jovens de diferentes etnias relatam as dificuldades de ser afeminado numa sociedade machista. Indicado a melhor curta metragem no Prêmio SESI de Cinema e TV – São Paulo e atualmente concorrendo no Festival Internacional de Cine Independiente de Elche na Espanha.

 

LAR DOCE CELULAR” traz o vício pelo celular como tema central do filme. Com referências ao cinema mudo o filme é todo em preto e branco. Menção Honrosa no Festival Internacional Cine Curtas Lapa e atualmente na mostra não competitiva no Festival Azyl em Bratislava na Eslováquia.

 

Alek Lean é #Geração Darcy!


Posts Relacionados