Aída Barros: diretora da #GeraçãoDarcy

Mais uma história #GeraçãoDarcy para se inspirar: Aída Barros, jornalista, é mais uma cineasta prestes a se formar no nosso curso regular de Direção.

Aída começou no cinema de forma autodidata e motivada pelo afeto. A partir de um momento de instabilidade na vida profissional, resolveu ir atrás dos seus sonhos e das histórias que sempre quis contar. Então, em 2017, decidiu contar a história de seu pai, Zé Luiz do Império, cantor e compositor. Neste processo do fazer cinematográfico, Aída se descobriu cineasta. Teve que escrever pela primeira vez a espinha dorsal de um documentário, dirigir um filme, coordenar uma equipe, selecionar cenas, trabalhar ao lado de um montador… É cinema que chama, né? Mão na massa, sonho coletivo realizado.

O documentário “Tempo Ê” fala da trajetória de Zé Luiz, através de suas músicas, de seus parceiros Nei Lopes e Nelson Rufino, com quem compôs o clássico “todo menino é um rei”, e de intérpretes de suas composições como Roberto Ribeiro, Zeca Pagodinho, Alcione, Fundo de Quintal e outros. O filme registra passagens e momentos da carreira do artista, que é, por excelência e contribuição efetiva, um dos nomes mais importantes do samba.

Assista a Tempo Ê e a outras produções da #GeraçãoDarcy no nosso canal do YouTube: http://bit.ly/geracaodarcy

 


Posts Relacionados