CURSO CINEMA ENSAIO

Professora: Adriana Cursino
Segundas-feiras, das 19h às 21h, via plataforma Zoom.
Início em 30 de junho
Aulas nos dias 30/6, 7, 14, 21, 28/7, 4 e 11/8.

INSCRIÇÕES:

Preencher o formulário e enviar para: secretariaecdarcy@gmail.com e/ou secretaria@ecdr.org.br.

PAGAMENTO:

À vista com 5% desconto = R$ 513,00
Via transferência bancária, PIX ou Cielo

Dados bancários
Instituto Brasileiro de Audiovisual
CNPJ nº 02.605.336/0001-03
Conta 408.757-7
ag. 0183-X

PIX 02.605.336/0001-03
*Ao pagar via pix é imprescindível o envio do comprovante para o e-mail secretaria@ecdr.org.br para a efetivação da matrícula.

Em até 2x no cartão = R$ 540,00

Ementa:

No curso estudaremos o cinema de apropriação. Além de analisar sua formação e desenvolvimento ao longo da história do cinema, estudaremos as variações que teve nas práticas documentais e ensaísticas. As aulas serão expositivas com exibição de fragmentos de filmes, leituras e debates fundamentados em textos críticos.

O curso também contará com uma parte prática, onde os alunos elaborarão propostas de um filme-ensaio baseado no uso de materiais de arquivo. O objetivo será cada aluno apresentar um filme-ensaio de aproximadamente 5″. Para isto, discutiremos previamente as etapas de criação de um filme-ensaio e escolheremos conjuntamente a metodologia, estética e narrativa mais adequadas para cada caso. Cada aluno deverá apresentar a proposta escrita de seu projeto.

Professora:
Adriana Cursino é pós-doutora em Comunicação e Audiovisual. É pesquisadora, professora (IE University y Instituto del Cine Madrid) e documentarista. Dirigiu Estado de Seca (2007) e Viaje a Yebisah (2014). É autora dos livros “Introdução ao Audiovisual” (2007), “História do Audiovisual” (2008) e “Análise e Crítica do Audiovisual” (2010), publicados pela Editora CCAA no Brasil. Como investigadora pós-doutoral (Universidad Carlos III de Madrid) realizou pesquisa sobre diários e cartas fílmicas com supervisão do autor Antonio Weinrichter. Atualmente, prepara um longa-documental sobre o músico brasileiro Hermeto Pascoal.

Programa:

1. Origens do cinema de apropriação
– Análise de diferentes terminologias.
– Arquivo e montagem. A experiência da pioneira Esther Schub.

2. O cinema-ensaio
– Cinema-ensaio. Imprecisões na definição de um conceito.
– Explorando correspondências e sensações: narrativas audiovisuais, narrativas literárias.

3. Genealogia da apropriação
– Collage, ready-made e found footage.

4. Exemplos contemporâneos
– Análise de exemplos e significados do arquivo em diferentes narrativas.

5. A dimensão do “eu” no documentário contemporâneo
– Arquivos pessoais: cartas e diários fílmicos.
– As narrativas epistolares no cinema.

6. Arquivo e subjetividade
– Auto-representações.
– O aspecto ficcional nas autobiografias.

7. Ensaios fílmicos femininos
– A História sob a perspectiva subjetiva.

8. Conclusão. Apresentação dos trabalhos dos alunos.