Foto com Jerry Lewis

Roberto Santucci falou sobre fazer cinema para o grande público, na Sala Ruy Guerra

No dia 03/10,  o diretor Roberto Santucci dividiu com estudantes de ECDR sua experiência no cinema, com a palestra “Fazendo Cinema para o Grande Público”, que aconteceu na Sala Ruy Guerra, às 19h. 

Santucci cursou Comunicação na PUC do Rio de Janeiro e mudou-se para Los Angeles em 1989 para estudar Cinema & Televisão e Video, na Universidade da Califórnia. Bacharel em Cinema pela Columbia Hollywood, trabalhou como assistente de montagem nos longas Código de honra (School Ties /1992), de Robert Mandel, e Lendas da paixão (Legends of the Fall /1994), de Edward Zwick. Estreou em direção com a comédia dark, Olé! – Um movie cabra da peste (2000), toda rodada em Los Angeles, no esquema nobudget. Segundo o diretor, “a equipe tinha que caber numa Kombi”. O filme foi lançado em apenas duas salas no Rio de Janeiro.

Em 2002, filma seu segundo longa, o policial de suspense Bellini e a Esfinge. Rodado com 600 mil reais – ainda um orçamento de BO – o filme contou com equipe completa e grandes estrelas, como Fábio Assunção e Malu Mader. O filme ganhou o prêmio do melhor longa pelo júri popular no Festival do Rio em 2001. De 2002 á 2005, Santucci submete vários projetos de cinema ao ministério da Cultura, visando verba para filmar novos longas. Roda o thriller psicológico Alucinados, entre 2005 e 2007, com dinheiro do próprio bolso. Tenta vários editais de produção, pós-produção e lançamento, ainda sem sucesso. O longa ganha 3 prêmios de público nos Festivais Brasileiros de Los Angeles, Madri e Paulínia e é convidado para a mostra competitiva do Festival Internacional de Xangai. Infelizmente, por não ter verba para uma cópia 35mm, o longa não entra na competição. Alucinados (2005) fica sem ser lançado.

Em 2009, Santucci apresenta o projeto de comédia De Pernas para o Ar ao presidente da distribuidora Downtown Filmes, que acredita no diretor e oferece o que o cineasta nunca havia tido até então: um orçamento adequado e uma grande distribuidora. De Pernas para o Ar torna-se o filme brasileiro mais visto do ano de 2011, com 3,5 milhões de ingressos vendidos. No ano seguinte, filma 3 longas: Até que a Sorte nos Separe, De Pernas Pro Ar 2 e Dia dos Namorados. Todos eles foram campeões de bilheteria. Em 2014, dirige Um Candidato Honesto, e em 2015, Loucas Pra Casar, repetindo a façanha nas bilheterias do país. Santucci chega ao inicio de 2016 com a marca de 25 milhões de ingressos vendidos, com suas novas comédias Até que a Sorte nos Separe 3 e Um Suburbano Sortudo. Em 2018, lançou Os Farofeiros e Candidato Honesto 2.

Filmografia de Roberto Santucci:

2018 – Os Farofeiros Diretor / O Candidato Honesto 2
2017 – Dois + dois
2016 – Um Suburbano Sortudo
2015 – Até Que A Sorte Nos Separe 3: A Falência Final / Qualquer Gato Vira-Lata 2 / Loucas pra Casar
2014 – O Candidato Honesto
2013 – Até que a Sorte nos Separe 2 / Odeio o Dia dos Namorados
2012 – De Pernas pro Ar 2 / Até que a Sorte nos Separe
2010 – Sequestro Relâmpago / De Pernas Pro Ar
2008 – Alucinados
2002 – Bellini e a Esfinge
2000 – Olé – Um Movie Cabra da Peste
1995 – Bienvenido Brazil
1994 – Helpless


Posts Relacionados