Programação do Cineclube de Documentário tem “Juízo”, da premiada diretora Maria Augusta Ramos

A próxima exibição do nosso Cineclube de Documentário é Juízo (2007), um filme de Maria Augusta Ramos, que acompanha a trajetória de jovens pobres, com menos de 18 anos de idade, diante da lei, entre o instante da prisão e o do julgamento por roubo, tráfico, homicídio. A sessão acontece no próximo sábado (26), às 14h, na Sala Ruy Guerra.

Após do filme, teremos a tradicional entrevista com um convidado especial. Desta vez, receberemos a responsável pela montagem do documentário, Joana Collier. Joana também foi professora da nossa escola e tem uma vasta filmografia e foi indicada ao Sur Award for Best Editing e Silver Condor Award for Best Editing pelo filme Câmara de Espelhos.

 

>> Joana Collier
Nossa convidada do dia 26/10,
comenta o filme Juízo (2007)

 

Sobre o filme
Como a identificação de jovens infratores é vedada por lei, no filme eles são representados por jovens não-infratores que vivem em condições sociais similares. Todos os demais personagens de Juízo – juízes, promotores, defensores, agentes do DEGASE, familiares – são pessoas reais filmadas durante as audiências na II Vara da Justiça do Rio de Janeiro e durante visitas ao Instituto Padre Severino, local de reclusão dos menores infratores. Juízo atravessa os mesmos corredores sem saída e as mesmas pilhas de processos vistas no filme anterior de Maria Augusta Ramos, o premiado Justiça. Conduz o espectador ao instante do julgamento para desmontar os juízos fáceis sobre a questão dos menores infratores. Quem sabe o que fazer? As cenas finais de Juízo revelam as consequências de uma sociedade que recomenda ‘juízo’ a seus filhos, mas não o pratica.

 

Sobre a diretora
Diretora, roteirista e documentarista com carreira no Brasil e na Holanda, nasceu em Brasília em 1964. Graduou-se em música pela Universidade de Brasília e foi para a Europa, onde estudou Musicologia e Música Eletroacústica no Groupe de Recherche Musicale, em Paris, e na City University, em Londres. Em 1990, mudou-se para a Holanda, onde especializou-se em edição e direção na Academia Holandesa de Cinema e Televisão. Lançado no Festival do Rio em 2007, Juízo recebeu diversas premiações:

Rotterdam Internacional Film Festival: Seleção Oficial
60º Locarno Film Festival: Mostra “Cineastas do Presente”
Dok Leipzig International Documentary Festival: Prêmio da Crítica Internacional
One World Int. Documentary Festival – Praga: Prêmio de Melhor Filme
Watch Docs Int. Documentary Festival – Varsóvia: Prêmio de Melhor Filme


O Cineclube de Documentário é gratuito, sujeito a lotação, todos os sábados, a partir das 14h.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO CINECLUBE DE DOCUMENTÁRIO:


Posts Relacionados