Ober Lobo Oficial

Lobo Mauro, Estudante do Curso de Especialização em Montagem, Ganha Menção Especial no Festival Internacional de Curtas Oberhausen

cartaz lobo mauro

Cartaz em alemão para o festival Oberhausen 2018.

Lobo Mauro (foto), estudante da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, que fez o curso de especialização em Montagem no período 2009-10, aluno que se beneficiou da parceria da escola com os Pontos de Cultura, Ministério da Cultura, foi premiado pelo júri da Competitiva Internacional do 64º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS DE OBERHAUSEN, na Alemanha, com uma Menção Especial. Seu Curta “Mais triste que chuva num recreio de colégio” concorreu com 53 filmes e apenas seis obras receberam a premiação na Competitiva Internacional.  O filme foi exibido dia 06 de maio de 2018. Lobo Mauro, Roteirizou, Dirigiu e Montou o filme. 

Daniel Queiroz, do júri internacional da edição desse ano do festival assim escreveu:

Passando por aqui para compartilhar a alegria de ter participado do júri internacional do 64o Festival Internacional de Oberhausen. Foi incrível a experiência de assistir e debater os 53 filmes com colegas de quatro cantos do mundo (Inglaterra, Austrália, Finlândia e Croácia), todos muito gente boa! (…)

O Brasil esteve muito bem representado na competição, com curtas potentes da Louise Botkay, do Yuri Firmeza e do Lobo Mauro que, cada um a seu modo, traz um pouco do que se passa no Brasil atual. (…) O curta do Mauro, que faz uma conexão entre o golpe e o 7×1, me nocauteou. O filme recebeu uma menção honrosa do júri e escrevi estas palavras desesperançosas, lidas na cerimônia de premiação:

It’s not easy to explain to people from other countries, the complexity of the political situation in Brazil, after a coup. Fortunately we have the cinema, we have films that can say more than any words. Sometime we think we can hope for a better country, for a better world, with less inequality, with more opportunity for everybody, but then we loose from seven to one. That’s life and it’s difficult to see a happy ending. The special mention goes to “Mais triste que chuva num recreio de colégio”, by Lobo Mauro.

(https://www.kurzfilmtage.de/en/press/press-releases/news/preistraeger-2018/) ”

Festival

O festival é considerado um dos mais importantes do mundo na categoria curtas-metragens, e dele participaram nesses mais de 60 anos, os primeiros filmes de cineastas como Agnès Varda, Truffaut, Martin Scorcese, Roman Polanski, Spike Lee, Chantal Akerman, Milos Forman, Werner Herzog, Alain Resnais, Gus Van Sant, Miranda July, Stan Brakhage, Jonas Mekas, Joris Ivens, Danièle Huillet, Jean-Marie Straub, Aki Kaurismäki, Chris Marker, István Szabó, Norman McLaren, Spike Jonze, George Lucas.

A seleção para o importante festival recebeu mais de 7 mil inscrições de todo o mundo, e apenas três curtas brasileiros foram selecionados para a Competitiva Internacional (Brasil emplacou também mais um curta na International Children’s and Youth Film Competition). A Geração Darcy marcando presença neste importante festival.

Estudar na ECDR

Segundo Lobo Mauro, estudar na Escola de Cinema Darcy Ribeiro “representou a libertação das minhas ideias pelo aprendizado reflexivo da montagem audiovisual. Eu tinha me formado em Cinema pela UFF (de onde tenho também muitas saudades), só que meu contexto ali não me levou a aprender algum software de edição. Quando me veio a real necessidade, surgiu pra mim a Escola Darcy Ribeiro, que através de sua parceria com os Pontos de Cultura (programa do MinC), possibilitou-me fazer o curso de Montagem. E aprendi muito mais que dominar o agora saudoso Final Cut Pro 7, com a fantástica montadora (fantástica porque também generosa) Joana Collier. A troca de conhecimento com os colegas nas diversas aulas de diferentes saberes e professores é algo que carrego comigo, que está sempre em construção e diálogo com o meu fazer cinema pro mundo. E claro, mudou minha vida: saber usar o FCP 7 me fez passar no concurso público da UFRJ para Editor de Imagens, cuja prova final foi prática. E no FCP 7!”.

Sinopse

Imagens da reforma do Maracanã em 2011 para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A narração da humilhante derrota da seleção canarinho para a Alemanha por 7×1, na semifinal. O áudio da votação na Câmara dos Deputados para o processo de impeachment da presidente Dilma Roussef, em 2016. O golpe político sacramentado. O pronunciamento do “presidente” Temer aprovando a Reforma Trabalhista de 2017 para a superfartura do empresariado no Brasil.

 

FITY


Most Recent Posts