Consulado Geral da Suíça do Rio de Janeiro e Goethe-Institut Realizaram Mostra de Cinema Contemporâneo em Língua Alemã na Escola de Cinema Darcy Ribeiro

A Mostra de Cinema Contemporâneo em Língua Alemã, organizado pelo Consulado Geral da Suíça no Rio de Janeiro e Goethe-Institut, ocorreu entre os dias 09 e 12 de Abril, na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, na Sala Ruy Guerra. Na quarta-feira, 10 de abril, o documentário Happy e a coprodução Alemã e Suíça, Wer hat eigentlich die Liebe erfunden ou Quem realmente inventou o amor? (foto), primeiro longa da cineasta alemã Kerstin Polte, uma Coprodução Alemanha/Suíça, 2018, foram exibidos.

O longa ficção conta a história de Charlotte de 60 anos que deixa seu marido Paul e sua antiga vida para fazer uma jornada na busca pelo amor e pela vida.

A mostra fez parte da programação comemorativa da Semana de Língua Alemã. Com curadoria de Francis Ivanovich, foram selecionados 05 filmes lançados na Alemanha e Suíça entre 2016 e 2018 e um documentário brasileiro produzido em 2018.

O documentário brasileiro “In Brasilien auf Hunsrückisch leben”, ou “Viver no Brasil Falando Hunsrückisch” (2018), que retrata quase dois séculos da imigração alemã no Brasil, em que o Hunsrückisch ainda hoje é falado por mais de 1 milhão de brasileiros que estão no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Espírito Santo, encerra a mostra. O documentário foi exibido no dia 12 de abril e contou com a presença do diretor Gabriel Schmit para um rico e interessante debate com o público.

A mostra teve entrada franca, na sala Ruy Guerra é de 100 lugares.

Programação:

10/4

18h00 – Afinal, quem inventou o amor?
Direção de Kerstin Polte, 94 min, Coprodução Alemanha/Suíça, 2018.

Charlotte, de 60 anos, deixa sua antiga vida para trás e embarca em uma viagem com sua neta Jo e um gato morto. Seu marido Paul e sua filha Alex ficam perplexos. Longe de casa e de velhos padrões, eles mergulham profundamente no aqui e agora, enfrentando seus medos e enfrentando as surpresas que só a vida e o amor podem oferecer.

10/4

19h30 – Happy

Direção de Carolin Genreith, cor, 85 min, Alemanha, 2017.

Desde que se separou da esposa, Dieter Genreith viaja, ano após ano, de Eifel à Tailândia para evitar a solidão. Ali conheceu Tukta, quase da mesma idade de Carolin, sua filha. Esta tem sérios problemas com essa relação.

11/4
17h30 – Melhore de Vida
Direção de Oliver Paulus, Stefan Hillebrand, 88 min, coprodução Suíça/Alemanha, 2018.

A vida de Evelyn Möller poderia ser tão bonita. Se não fosse o seu patrão que faz da vida dela um inferno. Mas um crime não é uma solução.

19h30 – Casting
Direção de Nicolas Wackerbarth, cor, 91 min, Alemanha, 2016/17.

Vera quer filmar uma nova versão de As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant por Fassbinder, mas escolhendo um homem para o papel de Karin Timm (Hanna Schygulla no filme Fassbinder). A seleção do protagonista é difícil, testando um candidato após o outro sem sucesso.

12/4

19h00 – Viver no Brasil Falando Hunsrückisch
Documentário de Gabriel Schmitt e Ana Winckelmann, Cor, 37 minutos, Brasil, 2018.

Com a presença do diretor Gabriel Schmitt para debate.

A partir das pesquisas realizadas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Espírito Santo, foram selecionados trechos de entrevistas que ilustram diferentes usos da língua, tanto no meio familiar como na administração, na imprensa, no comércio, em manifestações culturais, na educação e na religião.

Serviço

Mostra de Cinema Contemporâneo em Língua Alemã

Local: Escola de Cinema Darcy Ribeiro – Sala Ruy Guerra

Capacidade: 100 lugares.

Quando: De 09 a 12 de abril.

Realização: Consulado Geral da Suíça do Rio de Janeiro e Goethe-Institut.

Entrada franca. (Retirada de senha com 1 hora de antecedência)

Endereço: Rua da Alfândega, 5, Centro, Rio de Janeiro.

www.escoladarcyribeiro.org.br

facebook/escoladarcyribeiro


Posts Relacionados