CineMacaRio na Escola de Cinema Darcy Ribeiro

Aconteceu no dia 13 de novembro, na Sala Leila Diniz, a mostra itinerante CineMacaRio, apresentando cinco curtas-metragens: Desamor, de Macário, Olhares, Quesia Pacheco, Senhor de Toda Cruz, de Hugo Lima, Encharpe Noir, de Folia de Adão e Eva. Macário é curador do CineMacaRio, cineclube onde exibe sua filmografia, filmes africanos e da nova geração do Cinema do Possível.
Programação
Macário – DesAmor Pra DesAmar é precisa amar.
Existe mais amor no DesAmor do que no amor.
O DesAmor além de tudo, é o amor a si mesmo.
Uma história de DesAmor…
Quésia Pacheco – Olhares “Um bar. Um casal. Uma mulher provocante os observa. Olhares trocados e uma dúvida: qual é dessa mina?”
Hugo Lima – O Senhor de Toda CruzUm menino perdido. O senhor dos caminhos. Uma nova visão sobre corpos negros que vagam pelas ruas. O Senhor de Toda Cruz tensiona o olhar sobre o homem negro e sua trajetória.
Barbara Fuentes – Encharpe Noir Em meio ao caos urbano, Martha e Thiago encontram um no outro apoio para enfrentar o que é ser jovem negro e viver numa cidade como o Rio de Janeiro. Porém, Thiago consegue uma bolsa de intercâmbio e fica um ano longe de Martha.
Clementino Junior – Folia de Adão e EvaE Deus criou o homem… a mulher… ah, e o Carnaval também!
Breve Debate
Mediação de Marcela Lisboa e Arthur Pereira
O que é o Cinema do Possível?

Posts Relacionados