Belair: documentário sobre a produtora é destaque no nosso próximo Cineclube

Em 1970, Júlio Bressane, Rogério Sganzerla e Helena Ignez fundaram a Belair Filmes e realizaram sete longas entre fevereiro e maio do mesmo ano. A história da produtora gerou um filme de mesmo nome, lançado em 2009 pelos cineastas Bruno Safadi e Noa Bressane, e estará na próxima sessão do nosso Cineclube de Documentário, no dia 14/09, às 14h.

Entre os longas produzidos pela Belair, constam obras como A Família do Barulho, Copacabana, Mon Amour e A Miss e o Dinossauro. Interditados pela censura da época, os filmes de ficção são uma desconhecida e reveladora máscara-espelho daquele período sombrio. No documentário sobre a produtora, uma escavação ótica traz estes fotogramas clandestinos a luz. A montagem projeta o esforço experimental destes cineastas em tornar o invisível visível, move as peças de um xadrez de ficções, de energias, de histórias.

Além do documentário, teremos mais uma vez a presença de um convidado especial para discutir a obra e tirar dúvidas do público sobre cinema. Assistam aos filmes da produtora e anotem suas perguntas. Nos vemos no próximo sábado, aqui na Sala Ruy Guerra.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO CINECLUBE DE DOCUMENTÁRIO:


Posts Relacionados