Bárbara Vento, Estudante da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, é Destaque com “Exu Rei” na Mostra do Filme Livre 2018

A Mostra do Filme Livre, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, exibiu em 7 de abril o filme Exu Rei, de Barbara Vento (na foto, camisa cinza com letras), estudante da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, que fez o curso de especialização em Direção, 2012. Bárbara Vento encontrou o ator, ativista e político Abdias Nascimento, há mais de uma década, quando surgiu a idéia de realizar um filme que abordasse questões políticas e espirituais ligadas a cultura afro-brasileira.
Depois o filme segue para São Paulo e Brasília. Segundo Bárbara, que conversou com nossa reportagem, ela está muito feliz com o resultado do seu primeiro filme, que estreou em 2017, no Cine Odeon durante o Encontro de Cinema Negro ZÓZIMO BULBUL.  Sobre ter estudado na Escola Darcy Ribeiro, ela afirmou: “Foi muito importante ter cursado a Escola de Cinema Darcy Ribeiro, eu que venho do teatro. Eu aprendi muito, a escola me apoiou”.
O projeto do curta-metragem de não-ficção Exu Rei começou a ser realizado no curso de Direção na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, em 2012, sendo a equipe principal do filme (diretora, produtora, roteirista e diretora de fotografia) composta por mulheres estudantes de diversos cursos daquela instituição. Suas filmagens começaram ainda em 2012, com as entrevistas com Mãe Meninazinha D’Oxum e Zózimo Bulbul. Realizado sem recursos de editais ou prêmios, o filme contou com apoio da Escola de Cinema Darcy Ribeiro e do acervo do IPEAFRO, com a cessão de imagens de arquivo e obras de Abdias Nascimento.
Ao longos dos anos seguintes foram realizadas as entrevistas com Léa Garcia, Elisa Larkin, Bida Nascimento e as seqüências ficcionais foram filmadas com apoio do grupo Tá na Rua, contando com participação afetiva de diversos atores e músicos e equipe técnica. A edição e pesquisa de imagens de arquivo foi realizada entre 2015 e 2017.

Sinopse:

Divindade africana que aportou no Brasil junto aos negros, Exu é conhecido como o orixá da comunicação, guardião das ruas e do comportamento humano. O curta metragem de não-ficão Exu Rei dialoga com a influência desse arquétipo pela cultura negra a e sua assimilação pela arte brasileira. Em seu subtexto, o filme homenageia um de nossos grandes ativistas da causa negra – o ator, poeta, dramaturgo e político – Abdias do Nascimento. O posicionamento do documentário procura incorporar o espírito de luta, expressivo e inquieto de Abdias: elo onipresente entre personagens, imagens e sons do filme.

Ficha técnica e equipe:

Direção e argumento: Bárbara Vento. Direção de produção e assistente de direção: Ethel Oliveira. Produção executiva: Ethel Oliveira e Bárbara Vento. Roteiro: Manuela Cantuária. Fotografia e câmera: Mariana Bley, André Albuquerque, Érica Rocha, Chico Serra. Som direto: Antônio Carlos (Liliu), Bruno Espírito Santo.Edicao de some Mixagem – Ricardo Mansur- Montagem: Viviane Laprovita e Vladimir Ventura -Arte e figurinos: Rebecca Moure. Iluminação: Thabata Martins.Com: Zózimo Bulbul, Mãe Meninazinha de Oxum, Elisa Larkin, Célia Nascimento, Bida Nascimento, Cridemar Aquino, Lea Garcia, Alice Morena.

RJ, 2017, 20min., HD, NTSC,16:9, Cor.

Programação de Exu Rei Abdias Nascimento na Mostra do Filme Livre: 
  • • Dia 08-04-2018 (Domingo)
  •    17:00 – Coisas Nossas (CCBB – Cinema 1 /RJ)
  • • Dia 14-04-2018 (Sábado)
  •    15:00 – Coisas Nossas (CCBB – Cinema /SP)
  • • Dia 29-04-2018 (Domingo)
  •    19:30 – Coisas Nossas (CCBB – Cinema /DF)

ENTRADA FRANCA

Link na Mostra do Filme Livre: http://mostradofilmelivre.com/18/info.php?c=13425

 

(Por Francis Ivanovich)

 

WhatsappFITY


Most Recent Posts